Dos quarenta ladrões parece que só esta ficando mesmo Alibaba

Sexta-feira Tenebroso transformou-se em Temebroso e se virou contra o xerife, certo que, em pouco mais de dois meses, tirará de suas mãos as chaves dos xadrezes que repousaria pelo resto de seus dias que não serão tantos. Criou, inclusive, a denúncia por ilação na esperança de confundir o eleitorado, enquanto sua popularidade desce a rampa com a velocidade de um super escorregador de um parque de diversão. Temeroso é um ator político, cuja caneta não assusta a ninguém, mas vive assustado com as esferográficas de delegados de polícia e atores menores deste circo de absurdo chamado Brasil.

Nos meios políticos corre a informação que nosso velhaco governante aponta suas metralhadoras para outros poderes, mesmo apavorando seus companheiros de bando que formaram com ele a quadrilha de Alibaba e os quarenta ladrões e não é que mais? Denunciou transações ocorridas em outros poderes. Anunciou negócio escuso de Alexandre Janot no seu primeiro teste para verificar a repercussão junto a opinião pública, embora teria sido apenas uma ilação menor envolvendo sua presença no escritório que fez um acordo de leniência.

O mergulho que ele se propõe, como circula em Brasília, envolveria ministros dos três poderes que tomassem qualquer atitude contra ele, a começar com os ganhos milionários com empresa de educação do ministro Gilmar Mendes, embora este seja para ele pouco ofensivo ficara na alça de mira para uma eventual chantagem ou mesmo uma retaliação diante de qualquer ataque, tal postura envolvera outros ministros do supremo, tribunal eleitoral, do tribunal de contas da união, senadores e deputados.

Ao montar um campo de batalha dessa natureza que deixara mais mortos e feridos do que vitoriosos, Temeroso vai ser mesmo Tenebroso ocupando um cenário de guerra em que não terá jamais a coroa da vitória, apenas viverá até seus últimos dias a lamuriar os grandes dramas que produziu na sua insana e demente angústia a querer ser o mais temido e importante homem de sua terra devastada.

O que esta preparado é um idêntico desmonte das falcatruas ocorridos na implantação dos magníficos palácios construídos no mesmo tempo das roubalheiras da Petrobrás nos tribunais superiores, na advocacia da união, na procuradoria da república e em todos que envolveram verbas milionárias de tais instituições federais. Equivale a famosa frase de que no governo não se coloca um tijolo sem se pagar propina para receber a obra feita, o que foi divulgado por um advogado que não mereceu nem queixa, nem reclamação de ninguém.

A famosa lava-jato tem que atingir o Brasil como um todo e punir todos aqueles que cometem os menores crimes quanto os maiores, com severidade, principalmente, com punição pecuniária tanto com a venda ilegal do saquinho de pipoca, do artesanato de tecido, da panelinha de barro, do peixe trazido pela jangada, como a saca do cimento, como trator, como automóvel, como navio, ou qualquer outro bem de consumo que deve ser submetido a mesma tributação para todos, a fim que assim seja menor a penalização através do imposto, assim todos pagarão menos tarifas.

Elcias Lustosa

*Jornalista e escritor

Sobre elciaslustosa

Redator político dos jornais de maior circulação do país há cerca de cinquenta anos, trabalhando como jornalista profissional e comentarista de assuntos políticos e econômicos. Desenvolveu também atividade de promoção de eventos com empresas de sua propriedades ao longo da vida.
Esse post foi publicado em Jornal, Politica, Sem categoria e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s