Câmara faz funeral do Temer

funeral1

          Não há nenhuma perspectiva de apoio do Congresso Nacional a Michel Temer na presidência por prazo maior de três meses diante da sua fragilidade no cenário político nacional. É evidente a absoluta impossibilidade de permanência do presidente Michel Temer no poder, a exemplo do que aconteceu em 1954 com Café Filho quando do suicídio de Getúlio Vargas. O vice viveu um processo de tumultuados acontecimentos políticos que acabaram com sua destituição do governo, 14 meses depois, antes da posse do sucessor.

          A destituição da presidente Dilma não representou qualquer ganho de popularidade para o vice, que em nenhum momento conseguiu cometer qualquer ato capaz de sensibilizar a população ou criar qualquer expectativa de mudança do cenário nacional no sentido de modificar a situação econômico e social do pais. Pelo contrário decidiu investir em duas frentes anti populares geradores de antipatias além de enfrentar inúmeros problemas de credibilidades envolvendo grandes números de integrantes de sua equipe, muitos dos quais tiveram que ser afastados, embora não perdessem suas relações íntimas com o governo.

          Temer tremeu nas bases por assumir a gestão governamental cometendo todos os vícios e pecados que marcaram a história recente da República tingida de sujeiras que jogadas debaixo do tapete, num volume crescente, acabaram por invadir todos os salões do poder virando um fétido lamaçal.

          Embora diferente da oposição de então, cujo o líder Carlos Lacerda dizia que Juscelino Kubitschek não seria candidato; se eleito, não tomaria posse; se tomasse posse, não governaria, numa evidência da violência política que se pregava na época. Hoje prevalece a não política, a não violência, a inexistência para se acreditar em quem esta ou quem é contra o governo, para o povo nada vale a pena.

          O que tem certo é que o Brasil hoje é uma nação a deriva como um barco que flutua não ao sabor dos ventos com seu povo vítima de tormentas, mas apenas uma nação sofrendo uma dolorosa calmaria sem se aperceber o que vive e a que se destina. O cenário brasileiro esta envolto em uma penumbra bastante assustadora não pelo que pode acontecer, mas pelo que não pode acontecer, embora o mundo esteja hoje sendo ocupado por atores políticos, que não são dignos de gerar qualquer expectativa, de um futuro claro para a humanidade como é o caso do presidente dos Estados Unidos que se elegeu liderando a não política com o discurso contra qualquer ideologia e qualquer propósito racional de gestão governamental. O mesmo aconteceu com a França, que elegeu um presidente que se candidatou contra os políticos e criou o seu próprio partido e construiu um projeto pessoal sem qualquer identidade doutrinaria ou qualquer clareza de governança.

          O episódio envolvendo o presidente Temer e seus dois outros comparsas pareceu a cena de três ratos que se deparam com um saboroso queijo e mesmo vendo que o petisco se encontra debaixo de uma ratoeira armada são induzidos pela ratazana maior ao apropriar-se do mesmo e são fatalmente atingidos, assim o cidadão que esta presidente, apesar de vocacionado para o exercício do cargo de mordomo de festa de formatura chegou por erro do destino a presidência da república tomando o lugar de uma moça que deveria ser gerente de hotel.

Elcias Lustosa

Sobre elciaslustosa

Redator político dos jornais de maior circulação do país há cerca de cinquenta anos, trabalhando como jornalista profissional e comentarista de assuntos políticos e econômicos. Desenvolveu também atividade de promoção de eventos com empresas de sua propriedades ao longo da vida.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Câmara faz funeral do Temer

  1. Rosa Maria carvalho Lustosa da Costa disse:

    Muito legal Elcias! Excelente texto!

    Curtir

  2. Eugênio costa disse:

    Muito bom Elcias, gostei demais

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s